.st0{fill:#FFFFFF;}

O Copo está meio cheio ou meio vazio? 

 junho 26, 2020

Por Aldo Montes

Qual é o estilo da sua liderança: otimista ou pessimista? Você poderá descobrir isso hoje, dependendo da sua resposta para a pergunta do título desta postagem.

Segundo a psicanálise e a neurociência, quando vemos a imagem do copo cheio pela metade, quando damos a resposta que está meio cheio significa que tendemos a ser mais otimistas, mas quando tendemos a dizer que está “mais vazio” temos então um perfil psicológico mais pessimista.

Isto pode nos influenciar em nossa forma de liderança. Lideranças mais pessimistas tendem a ser uma liderança mais arcaica, fechada e leva seus liderados ou equipe a não terem perspectiva positiva, além da dificuldade de planos e metas para serem atingidos, isto remete a um modelo passado de liderança, que é o de chefia. E isto tem a ver a diferença entre ser um chefe ou um líder.

5 diferenças entre uma pessoa otimista e  uma pessoa pessimista:

1 – O pessimista tende a ter uma visão mais negativa, focando mais no problema que na solução

2 – O Otimista é sempre motivado e motivador e sempre procura encontrar uma oportunidade para cada problema apresentado.

3 – Uma pessoa pessimista tem dificuldades de aceitar desafios e quase sempre foca no problema e não na solução em si.

4 – O Pessimista sempre tende a dizer: agora a empresa vai para o buraco, enquanto os otimistas procuram ver nas crises soluções criativas e oportunidades para sua empresa.

5 – O Pessimista vê o problema e o aumenta, potencializando o mesmo!

EXERCITE SEU MODO DE ENXERGAR O MUNDO

Segundo alguns psicólogos, nós somos seres subjetivos, não vemos o mundo com total neutralidade e objetividade. E isso pode influenciar nossa liderança de ora otimista para ora pessimista. Por exemplo, tente recordar se você já não viveu algo assim.

Quando está triste ou depressivo parece que toda a vida fica mais cinza; já quando está ansioso parece que tudo ao redor acontece em alta velocidade. Na verdade, isto tudo ocorre de forma subjetiva, principalmente porque está sendo afetado pelo seu estado de humor, sendo que  o dia sempre terá 24 horas, seja no Brasil ou em qualquer parte do mundo.

As coisas mudam e o copo que antes estava meio cheio passa a parecer meio vazio. E isso acontece de uma hora para a outra, sem que se entenda o porquê. Pode ser que seu estado de humor esteja afetado dependendo da forma que você vê o copo.

O bom de tudo isto é que somos seres vivos e dinâmicos. Nossas visões podem mudar de acordo com nosso estado de humor e se nos dispormos a mudar nossa forma de liberar e de aprender. Nosso cérebro é elástico e tem uma capacidade de Synapses incrível. Por isso, a frase: “Pau que nasce torno, morre torto”, hoje já não se aplica; tudo depende do desejo que tivemos de querer desafiar a nós mesmos e a quebrar velhos paradigmas.

Por isso nossa liderança tem que estar atenta aos momentos. Nossa percepção do mundo está atrelada às nossas visões pessimistas e otimistas. Aqui vale entender como equilibrar estes momentos e não derrubar a liderança demasiadamente, seja para uma visão muito pessimista ou altamente otimista, onde ninguém consegue atingir os objetivos.

VEJA A SUA LIDERANÇA PELO LADO POSITIVO, ENXERGUE O COPO CHEIO

Somos completamente mutáveis e nem toda nossa perspectiva pode ser relativizada sempre. Por isso não se preocupe em ser transformado em uma pessoa totalmente diferente. Basta querer e se dispor aos desafios, para poder aprender coisas incríveis durante a vida. A personalidade de uma pessoa tem aspectos estáveis, relativamente fixos. No entanto, quando você se dispõe a questionar os pontos de vista negativos ou positivos, que estão enrijecidos pela sua experiência de vida, é possível realizar alguma mudança!

Comece sua busca pelo lado positivo das suas metas ou projetos. Tenha em mente que é possível enxergar as situações de crise com criatividade. Lembre-se que em meio a pressões de metas é onde mais crescemos. Veja mais oportunidades, mas sem deixar de enxergar os riscos. Faça com que seus liderados passem otimismo nas metas colocadas e que são possíveis de ser alcançadas.

Este artigo não sugere que ninguém ignore a realidade dos fatos, nem que deixe de enxergar o lado negativo das coisas. Mas sim, ressaltando que mesmo diante de situações desafiadoras ou negativas há sementes que podem apontar para o otimismo e virada de jogo. Quanto mais global e inclusiva for a sua visão sobre “aquele copo”, mais completa será sua atitude diante da vida.

Caso você tenha gostado deste texto e queira comentar ou sugerir algum outro tema, fique à vontade, também, respeito sua posição, caso não esteja de acordo.

Finalizando, se você olhou para o copo e não viu, mais cheio ou mais vazio, e sim somente metade, sua tendência é realística e enxerga o mundo como ele é, neste caso não significa que seu estilo é melhor ou pior que os demais, simplesmente você procura encarar as coisas na vida e no seu ambiente profissional de forma realista.

Lembre-se que somos seres vivos e dinâmicos e sempre podemos mudar nossos comportamentos para melhor, basta querer, praticar e aplicar, exige um esforço mas é recompensador, pense nisto!

Abraços e até a próxima!

Aldo

Obs.: Texto adaptado de um autor anônimo

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos com * são obrigatórios.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
EnglishPortuguêsEspañol