Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/aldomontes/www/wp-content/themes/amos/includes/view/blog/single-creative.php on line 46
On 26 de junho de 2020
By Aldo Montes | 0 Comments
Sem categoria

“Se usares de boas palavras, com um fio de linha conduzirás um elefante”.

Gostaria de compartilhar algo que aprendi com minha querida e saudosa mamãe, muitas vezes quando reclamávamos algo, para ela, que alguém não nos compreendia ou as pessoas eram insensíveis, ela calmamente nos ouvia e dizia: filho, “Se usares de boas palavras, com um fio de linha conduzirás um elefante” (autor desconhecido). Eu ficava imaginando como seria possível puxar ou conduzir um elefante com um único fio?

Eu ficava intrigado, pois, humanamente isto me parecia impossível, ao menor movimento do elefante, a linha certamente se romperia e ele calmante tomaria o seu rumo, sem nada eu poder fazer… esse provérbio, no entanto, tem um sentido muito mais profundo, o que ele procura nos ensinar (e confesso que muitas vezes eu não aplico no meu dia a dia) é que se formos calmos, pacientes, educados, poderemos resolver muitos dos problemas que se apresentam em nosso cotidiano.

Aprendi muito com meus pais, cada um com sua forma diferente de nos ensinar e isto procuro trazer para minha vida e para meu dia a dia. Sabendo que a causa de nosso desconforto e brigas em nossas relações não são o problema em sim, mas como reagimos diante do problema. Se entendermos que uma comunicação eficaz não é aquela que falamos, mas sim aquela que nosso interlocutor ouve e entende, se soubermos que Deus nos deu dois ouvidos e somente uma boca “O falar é prata e o ouvir é ouro” Provérbios 17:28, acredito que teríamos menos discussões, brigas e mal-estar em nosso dia a dia. Esta regra quando bem aplicada em nosso dia a dia ou em nosso mundo profissional certamente poderá nos trazer bons resultados.

Outra prática que normalmente esquecemos de aplicar é evitarmos responder em um momento de raiva, “somos donos de nosso silêncio e escravos do que falamos” — Freud, também para esta situação tem um versículo que diz: “A palavra branda, desvia o furor e a palavra dura, suscita a ira: Provérbios 15:1

Que todos nós (incluindo em especial a mim) possamos ser mais ouvintes, entender a posição da outra pessoa que esta tentando nos comunicar, falar e revidar menos alguma ofensa ou mesmo algo que nos incomodou, certamente em fazendo isso, teremos dias melhores e menos conflituosos.

Até mais,

Aldo Montes

Aldo Montes

​Sou uma pessoa apaixonada pela dinâmica da vida, gosto de avaliar o comportamento do ser humano em sua essência, o que me faz ser um autodidata em conhecimento de comportamento humano e procuro ajudar as pessoas com meus conhecimentos adquiridos durante minha vida e formação acadêmica e profissional.
0
0
Share

Post a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

EnglishPortuguêsEspañol
× Olá tudo bem? Fale direto comigo.